logo

O Mundo Fantástico da Arte Através dos Tempos

  • Home
  • /
  • Catálogo
  • /
  • O Mundo Fantástico da Arte Através dos Tempos
pdf Veja por dentro
  • Autor
  • Coleção
  • ISBN 9789895641475
  • PVP 16.59 € (IVA incluído)
  • preço fixo até
  • 1ª Edição maio de 2021
  • Edição atual 1
  • Páginas 72
  • Apresentação capa dura
  • Dimensões 197x250x12 mm
  • Idade 7+
  • Disponibilidade
    Disponível
  • Comprar

À venda a 17 de maio

Como é que os artistas pintam os quadros?

Quais foram as ideias por detrás de algumas pinturas e  esculturas mais famosas?

De Leonardo da Vinci a Picasso, de Botticelli a Amadeo de Souza Cardoso, entre muitos outros, a arte está cheia de obras de artistas geniais que têm maravilhado o mundo ao longo dos séculos. Mas como é que tudo começou? Quando e como é que surgiu a arte?

Cada período artístico é apresentado de forma clara e contextualizado historicamente. As obras apresentadas são as mais emblemáticas de cada artista, e para cada período existem sempre referências a artistas e obras portuguesas da mesma época.

Neste livro, vais encontrar tudo sobre algumas das obras de arte mais famosas da história, desde as ideias que inspiraram o pintor ou escultor até às técnicas usadas. Através de atividades divertidas, explora alguns dos quadros mais famosos de todos os tempos em pormenor e aprende os truques e segredos dos artistas!

Uma excelente introdução ao mundo da arte!

Inclui atividades para explorar os quadros.

Luís Ricardo Duarte nasceu em Lisboa, em 1977, e cresceu em Setúbal, na pré-história dos telemóveis e das redes sociais. Inclinou-se, em criança, para a exploração espacial, mas com a idade passou a procurar outras perspetivas. Licenciou-se em História da Arte na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, tendo aí dirigido o jornal Os Fazedores de Letras. Fez formação complementar em Literatura, ainda na FLUL, e em Jornalismo, no CENJOR. Na Universidade de Coimbra, concluiu a parte curricular do Mestrado em Estudos Clássicos.
O seu ponto de fuga foi a arte, a história e a literatura, bem condensado no jornalismo, que é outra forma de representar o mundo. Gostava de saber andar como os antigos egípcios e de ter a precisão dos pontilhistas. Ainda assim, não se acha nada mal a «pintar a manta». É jornalista do Jornal de Letras, Artes e Ideias desde 2003. Lê para escrever e escreve para ler. Escreveu este livro para partilhar a emoção que sente diante de uma obra de arte.

Sara Paz nasceu em Lisboa, em 1981, numa altura não menos pré-histórica no que toca a tecnologias. Sonhou em ser astronauta ou cantora, mas a constante sempre foi a arte. Estudou Design gráfico no IADE mas continuou a desenhar sempre que podia.  Aos poucos as duas áreas fundiram-se e tornaram-na no que é  hoje: uma (super) designer-ilustradora. A sua maior inspiração é a filha Alice, a mais expressiva criadora que conhece e a quem dedica este seu trabalho.